Nenhuma foto neste projeto!
Projetos Finalizados

Monitoramento e quantificação do impacto de rodovias sobre a fauna da Estação Ecológica de Águas Eme

Coordenador do projeto:

Flávio Henrique Guimarães Rodrigues
Adriani Hass - UNB
Frederico França

Equipe executora:

Leonardo Rezende
Cristiane Pereira
Cíntia Figueiredo
Bruno Leite

 

Descrição do Projeto

Atropelamentos em rodovias são uma importante causa de mortalidade para várias espécies de animais silvestres em todo o mundo. No Brasil, ainda poucos estudos foram desenvolvidos, mas sabe-se que o impacto sobre algumas espécies é muito grande. O prejuízo causado à fauna é ainda mais preocupante, quando os atropelamentos ocorrem ao redor de Unidades de Conservação (UC), áreas destinadas à conservação da natureza, como Parques Nacionais, Estações Ecológicas e Reservas Biológicas. Grande parte das UC é cortada ou limitada por estradas e em muitas delas o problema dos atropelamentos é grave e tem preocupado os administradores destas UC.

Os carnívoros são, dentre os mamíferos, os que mais sofrem com atropelamentos. É provável que a susceptibilidade de carnívoros a atropelamentos se justifique por serem espécies com grande capacidade de deslocamento e terem comportamento de comer carniças de outros animais atropelados, ficando vulneráveis a também perecerem da mesma forma.

Na Estação Ecológica de Águas Emendadas (ESECAE), DF, um número significativo de animais morre anualmente nas estradas. Estudos preliminares revelam que em média 4,5 lobos-guarás morrem anualmente nas estradas limites da Estação, um número alto considerando um tamanho populacional de 10 indivíduos adultos. Para melhor avaliação dos impactos de rodovias em Unidades de Conservação e embasamento de propostas de mitigação de impactos é imprescindível que seja feito monitoramento periódico destas estradas, quantificando o número de animais mortos, espécies mais afetadas e pontos de maior incidência de atropelamentos.

Este projeto tem por objetivo adquirir informações, planejar e executar ações que possibilitem diminuir o número de atropelamentos de animais silvestres na área de influência da Estação Ecológica de Águas Emendadas. Para isto, pretendemos atingir os seguintes objetivos:

  • determinar quais espécies de animais são mais atropeladas nas estradas limítrofes da ESECAE;
  • estimar o número de animais atropelados anualmente nestas estradas; identificar os pontos críticos para atropelamentos (locais onde há maior número de atropelamentos de animais);
  • propor estratégias de manejo e ações que possam minimizar as perdas decorrentes de atropelamentos nas estradas limítrofes da ESECAE;
  • atuar junto às autoridades competentes para a efetivação de medidas mitigadoras de impacto;
  • avaliar a efetividade das medidas mitigadoras que venham a ser implantadas.

< voltar

Instituto Pró-Carnívoros Av. Horácio Neto, 1030 - Parque Edmundo Zanoni - Atibaia / SP - 12945-01011 4411 6966