promoções ecologicamente
Animais

 

Lontra (Lontra longicaudis)

  • Nome comum em Inglês: Neotropical Otter  
    Nome científico: Lontra longicaudis
    Nome/s comum em Português: Lontra

    Informações gerais (valores médios com mínima e máxima em parênteses)


    Comprimento do corpo (cm): 51(36-66)a Cauda (cm):  54(37-84) a 
    Dieta: Carnívora
    Peso (kg): (5-15) a Altura (cm):  Área de vida (km2): 
    Número de filhotes: (1-5) a Gestação (dias): 56 a Longevidade (anos): 
    Estrutura social: Solitários ou casais durante a reproduçãob
    Padrão de atividade: Diurno a

    a (Lariviere 1999)

    Descrição Física
    A pelagem é curta e densa, de coloração marrom. As pequenas orelhas e as narinas podem ser fechadas quando o animal mergulha. A cauda é musculosa e flexível, sendo utilizada como leme durante o deslocamento na água. As pernas são curtas e os pés possuem membranas entre os dedos.

    Ecologia e Habitat
    Ocorre desde o México por toda América Central e do Sul até o norte da Argentina. Ocupam vários tipos de ambientes aquáticos, tanto de água doce quanto salgada, abrigando-se nos costões das margens (Lariviere 1999). São animais de hábitos solitários, sendo raramente encontrados aos pares.
    A dieta consiste principalmente de peixes, e também inclui os crustáceos, anfíbios, mamíferos, insetos e aves. São predadores oportunistas e sua dieta varia com a disponibilidade de presas e habitat (Gallo-Reynoso et al. 2008; Gora et al. 2003, Pardini 1998; Perini et al. 2009).

    Ameaças e Conservação
    A espécie é intensamente caçada, tanto para o comércio de sua pele, como pelo prejuízo causado a criações de peixes. Isso, combinado com a destruição do habitat (Michalski & Peres 2005) e poluição da água (Josef et al. 2008; Waldemarin & Alvares 2008) ameaça seriamente as suas populações. É classificada pela IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza), como dados insuficientes e pelo IBAMA, como ameaçadas de extinção.

    Links Online
    IUCN redlist (http://www.iucnredlist.org) apresenta uma síntese dos conhecimentos atuais sobre a distribuição e estado de conservação.

    IUCN Otter Specialist Group - http://www.otterspecialistgroup.org

    IUCN OSG Bulletin – http://www.otterspecialistgroup.org/Bulletin/IUCNOSGBull.html

    Referências
    Gallo-Reynoso, J. P., Ramos-Rosas, N. N., & Rangel-Aguilar, O. (2008). Aquatic bird predation by neotropical river otter (Lontra longicaudis annectens), at Rio Yaqui, Sonora, Mexico. Revista Mexicana de Biodiversidad, 79, 275-279.

    Gora, M., Carpaneto, G. M., & Ottino, P. (2003). Spatial distribution and diet of the Neotropical otter Lontra longicaudis in the Ibera Lake (northern Argentina). Acta Theriologica, 48, 495-504.

    Josef, C. F., Adriano, L. R., De Franca, E. J., De Carvalho, G. G. A., & Ferreira, J. R. (2008). Determination of Hg and diet identification in otter (Lontra longicaudis) feces. Environmental Pollution, 152, 592-596.

    Lariviere, S. (1999). Lontra longicaudis. Mammalian Species, 609, 1–5.

    Michalski, F., & Peres, C. A. (2005). Anthropogenic determinants of primate and carnivore local extinctions in a fragmented forest landscape of southern Amazonia. Biological Conservation, 124, 383-396.

    Pardini, R. (1998). Feeding ecology of the neotropical river otter Lontra longicaudis in an Atlantic Forest stream, south-eastern Brazil. Journal of Zoology, 245, 385-391.

    Perini, A. A., Vieira, E. M., & Schulz, U. H. (2009). Evaluation of methods used for diet analysis of the neotropical otter Lontra longicaudis (Carnivore, Mustelidae) based on spraints. Mammalian Biology, 74, 232-237.

    Waldemarin, H. F., & Alvares, R. (2008). Lontra longicaudis. In: IUCN 2010. IUCN Red List of Threatened Species. Version 2010.2. <www.iucnredlist.org>,  Downloaded on 06 July 2010.

< voltar
Instituto Pró-Carnívoros Av. Horácio Neto, 1030 - Parque Edmundo Zanoni - Atibaia / SP - 12945-01011 4411 6966